O Seminário

O seminário A Arte da Gravura no Brasil é um projeto aprovado no edital Setorial de Artes Visuais/2013, da Fundação Cultural do Estado da Bahia, em parceira com a Fundação Hansen Bahia e o Centro de Artes, Humanidades e Letras da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Composto por palestras com pesquisadores e renomados teóricos, conversas com artistas e exposições, o evento constitui-se numa proposta de cunho interregional para discutir conteúdos relacionados à gravura brasileira, contextualizando-a tanto em sua dimensão sociopolítica quanto artístico-cultural, e para promover um diálogo crítico-reflexivo sobre os processos históricos e artísticos que confirmem a importância das Artes Gráficas no Brasil e caracterizem suas particularidades como linguagem expressiva.

Assim, questões como possíveis conexões e permanências entre procedimentos técnicos e estilísticos da tradição da gravura em relação à produção atual; a discussão dos espaços da gravura contemporânea brasileira; suas especificidades de linguagem e de estilo; e suas tendências e inter-relações com outros meios expressivos são alguns dos pontos de discussão que podem caracterizar o atual Estado da Pesquisa da gravura no Brasil, tanto em termos produtivos quanto teóricos.

A escolha de Cachoeira como sede deste evento justifica-se, principalmente, pela relação histórico-cultural que a cidade tem com a gravura. Foi também nela que o casal de artistas Ilsen e Hansen Bahia escolheu para residir e criar um polo de produção gráfica para o Brasil e o mundo. Eles estabeleceram ali a Fundação Hansen Bahia, que tem sido, desde então, um marco de agenciamento artístico-cultural para o Recôncavo.

Ao promover o intercâmbio de renomados agentes culturais com a região do Recôncavo baiano, acredita-se que este Seminário possa incentivar a formação de público, estimular a reflexão acerca da produção artística brasileira e configurar-se como agente de transformação, constituindo-se num elo entre a arte e a comunidade e permitindo o acesso das pessoas aos bens patrimoniais, tornando-os efetivamente públicos. Esta postura situa o Seminário no conjunto e contexto da produção cultural e artística do Recôncavo; compreende a arte como conjunto das manifestações estéticas de um povo e de um lugar; possibilita diálogos e interações para que a arte seja uma vivência de toda a comunidade; e antecipa, oportunamente, as comemorações do centenário do artista Hansen Bahia (1915-2015).

O Seminário A Arte da Gravura no Brasil justifica-se, sobretudo, por estar em consonância com o propósito do Plano Nacional de Cultura, o qual visa oferecer um conjunto amplo de atividades e experimentações ligadas às artes visuais que venha fomentar a reflexão e o debate sobre a arte brasileira (neste caso, a gravura no Brasil) e desenvolver instrumentos de capacitação para artistas, estudantes, professores e técnicos. Para sua realização, adota como estratégia principal a circulação, na região da Bahia, de profissionais da área da gravura provenientes de outros estados, a fim de instigar a educação, a pesquisa e a produção de conhecimento através da arte.

 

 

 

arte_da_gravura_rodape_blog

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s